A Expressão Emocional na Interpretação Pianística: O Estudo de Caso das Obras Carnaval Op. 9 de R. Schumann e Sonatas Op. 110 e 111 de L. V. Beethoven

PrintPrint
Português
Estado: 
Finalizado
Grupo de investigacao: 
Computação Musical e Sonora
Tipologia: 
Mestrado, Doutoramento e Pós-Doutoramento
Investigador principal: 
Teresa Palma Pereira
Resumo: 

O objectivo desta Proposta de Projecto é a caracterização de performances representativas de pianistas, através do cálculo e aferição precisa das linhas essenciais e principais tendências da prática performativa referenciadas como Escolas Nacionais de Piano. Estudos e investigação prévia (Lourenço, 2005) demonstram a existência de tradições nacionais de práticas interpretativas específicas de comunidades definidas de pianistas que partilham características similares, de ordem estética, técnica, histórica e de repertório. Foram analisadas fontes primárias, nomeadamente literatura de pedagogia de piano, em articulação com uma metodologia de análise empírica de exemplos audio e aplicação de uma grelha de avaliação. As principais Escolas Nacionais de Piano dividem-se em três núcleos principais: a Escola Russa, a Escola Francesa, a Escola Alemã. A sua identificação e estudo sistemáticos protege e valoriza a herança do património imaterial da música de origem Europeia. Este projecto pretende ainda contribuir para a análise da investigação na prática da performance, uma vez que os pianistas utilizam todo o seu corpo para transmitir e comunicar a essência espiritual, emocional e dramática da música.

A prática pianística aumenta a actividade muscular (Breithaupt, 1905), numa directa ligação entre as contracções musculares e postura do corpo (Ortmann, 1929). Para demonstrar a evidência da associação da prática pianística a implicações físicas, a postura da cabeça tem sido estudada desde há bastantes anos em directa relação com estruturas odontológicas, exercendo influência no comportamento biomecânico de disfunções craniomandibulares e oclusão (Shiau et al, 1990). Alguns estudos relatam que a posição da cabeça afecta a posição da mandíbula e dos músculos da mastigação (Lee et al, 1995), demonstrando a estreita associação entre a melhoria da postura da cervical e da cabeça e a melhoria dos sintomas de DTM ́s (Distúrbios temporomandibulares) (Armijo Olivo et al., 2006). O acto de tocar também provoca hiperactividade dos músculos da mastigação, em associação com os músculos posturais, nomeadamente o músculo trapézio como foi demonstrado por esta equipa (Lourenço, Clemente et al., 2009).

A metodologia a seguir parte de uma abordagem musicológica, em cooperação estreita com a aplicação das mais recentes ferramentas métricas e métodos tecnológicos, os quais permitem uma análise rigorosa de dados em muitas dimensões, classificando e sintetizando as diferentes variáveis que constituem o processo da prática performativa. A análise multimodal da semântica musical através da captação da performance pianística é baseada na extração de características específicas de cada Escola de Piano através da aplicação de:

  1. Movimento dos dedos e articulação identificada por uma abordagem multimodal através da captação e extração de características da performance haptic interfacing com Piano Discklavier (Yamaha Grand Piano mede valores de pressão dos dedos).
  2. Dados biomecânicos que relatam a associação entre a postura do complexo cranio-cervico-mandibular, através de indicadores obtidos por sensores aplicados aos músculos da mastigação e posturais do performer, pela análise do electromiógrafo de superfície.
  3. Dados de descrição de movimentos físicos extraídos através de software de análise digital de Video Footage.
  4. Dados de caracterização performance musical medidos pela análise de software de High Resolution Digital Audio.
  5. Dados de caracterização performance musical medidos pela análise de inquéritos efectuados sobre a performance em si.Com estes resultados, é possível a análise e processamento de dados, extraindo resultados importantes com modelos quantitativos data mining em correlação com extensive multimodal datasets.
Objetivos do projeto: 

Com este Projecto será possível atingir os seguintes resultados:

  1. Uma maior compreensão e consciência da verdadeira essência das Escolas de Piano Europeias, adquirida no emprego de uma abordagem de análise inovadora (multi-modalidade), potenciadora de novos entendimentos sobre a aplicação destas técnicas.
  2. A disponibilização de uma base de dados multimodal de exemplos de performances de pianistas, nos termos da classificação e armazenamento de dados praticados e aceites pela Comunidade Científica Internacional.
  3. Uma demonstração e aplicação do conceito da influência determinante das Escolas de Piano na performance pianística.
  4. Uma inovadora linha de acção para aplicação de áreas de design, tais como Sonic Interaction Design, Content Based Recommendation Systems ou Expressive Generative Music.
Resultados: 

36 meses (em curso)

Sumario: 

A expressão emocional na interpretação pianística: o estudo de caso das obras Carnaval op. 9 de R. Schumann e Sonatas op. 110 e 111 de L. v. Beethoven