Modelos Críticos de Performance Musical

PrintPrint
Português
Estado: 
Em curso
Grupo de investigacao: 
Computação Musical e Sonora
Tipologia: 
Mestrado, Doutoramento e Pós-Doutoramento
Investigador principal: 
Rui Cruz
Resumo: 

Uma reflexão sobre o estado da arte admite a ciência da performance musical como uma disciplina em formação, o que deixa em aberto estudos analíticos que organizem não apenas o sentido diacrónico das práticas interpretativas, como a sua articulação com a contemporaneidade performativa. Deste modo, torna-se exequível um estudo que permita compreender e analisar a performance musical nas últimas décadas, e ainda a sua recepção crítica junto de performers, críticos e teóricos. Partindo de modelos críticos e analíticos estabelecidos fundamentalmente durante o século XX – paradigmas como o círculo de Schoenberg e a Segunda Escola de Viena, o criticismo musical de Schenker, a Escola de Darmstadt, o movimento de historicidade e autenticidade–, temos como objectivo a subsequente actualização sincrónica desses modelos no contexto mais recente das práticas performativas e dos estudos críticos em performance.

Sumario: 

Uma reflexão sobre o estado da arte admite a ciência da performance musical como uma disciplina em formação, o que deixa em aberto estudos analíticos que organizem não apenas o sentido diacrónico das práticas interpretativas, como a sua articulação com a contemporaneidade performativa.