GEO-SR- GEO-SR: Abordagem multidisciplinar à alteração, alterabilidade e conservação da obra escultórica geomaterial de Soares dos Reis: reavaliação de paradigmas museológicos e criação de valor para sociedades em mudança, através do Património Cultural.

PrintPrint
Português
Estado: 
Em curso
Grupo de investigacao: 
Património e Conservação-Restauro
Tipologia: 
Investigação e Desenvolvimento
Investigador principal: 
Eduarda Vieira
Resumo: 

O projeto GEO-SR pretende colmatar uma lacuna profunda de conhecimento científico e tecnológico respeitante às componentes materiais, conservativas e simbólicas da escultura geomaterial europeia do século XIX, mediante o estudo de 35 esculturas da autoria de António Soares dos Reis. A equipa é liderada pelo CITAR (EA-UCP) e conta com investigadores do GeoBioTec (U. Aveiro), Centro de Física (U. Minho), Construct (FEUP) e do Museu Nacional de Soares dos Reis (DGPC-MC), que aqui se destaca como incubadora para a aplicabilidade dos dados recolhidos, sendo que os resultados esperados após a conclusão do projeto permitirão conhecer melhor o estado de conservação de esculturas em mármore, granito, gesso e argila, de forma parametrizada objetivamente e aplicando a sustentabilidade tecnológica mediante a aplicação inovadora de técnicas analíticas utilizadas tradicionalmente em edifícios (radiografia, termografia e UPV). Visa-se definir parâmetros de degradação e fragilidade dos objetos escultóricos, comparando o grau de decaimento dos materiais, em ambiente museológico e no exterior (Arte Pública). A informação obtida será aplicada à elaboração de métodos de avaliação portáteis, não invasivos e mais acessíveis com vista à redefinição de questões éticas e protocolos de conservação, exposição, armazenamento, manuseamento, segurança e transporte destes objetos, com repercussões nas atividades económicas e industriais que fornecem produtos e serviços para estas tarefas, incluindo as seguradoras que as asseguram. O projeto conta ainda com as parcerias internacionais dos Museus Rodin e Camille Claudel (França) e da Galeria Nacional de Florença (Itália).

Referência nº 031304 suportado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização na sua componente FEDER e pelo orçamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia na sua componente OE.