Manual de Boas Práticas: Conservação de Peças de Ourivesaria em Instituições Religiosas

Título: Manual de boas práticas: Conservação de peças de ourivesaria em instituições religiosas
Coordenadora científica: Eduarda Vieira
Editor: UCE/CITAR/CIONP
ISBN: 978-989-8366-27-6
Ano de Edição: 2012
Nº de páginas: 110 p.
Ilustrado
Preço: -
Encadernação: Capa mole

A ourivesaria sacra constitui um legado valioso de reconhecida importância cultural e cultual no contexto do património religioso português. A Igreja Católica é a sua detentora privilegiada, embora também se devam salientar outras colecções com menor impacto no que respeita à quantidade de peças, mas com uma qualidade material e técnica que justifica menção (Igreja Copta e outras).

Tanto as colecções que se encontram já musealizadas como as que ainda se encontram em funções nas Dioceses e paróquias colocam problemas específicos de manuseamento, acondicionamento e segurança.

A sua conservação quer ao nível do culto quer em museus é uma tarefa de enorme relevância, pelo que importa sensibilizar todos os intervenientes no culto e responsáveis pela manutenção de espaços. A preservação destas peças só é possível com práticas correctamente adequadas a cada caso concreto, e das quais fazem parte o manuseamento, acondicionamento, manutenção e segurança. Daí a relevância da edição deste manual de boas práticas.